XXXII CONGRESSO DA ANPPOM
Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Natal
17 a 21 de outubro 2022 (Presencial e On-line)
“Múltiplas dimensões da práxis musical na produção do conhecimento em música”

O XXXII Congresso da ANPPOM será realizado em formato híbrido (presencial e online), uma das inovações desta edição do evento, na cidade do Natal, no período de 17 a 21 de outubro de 2022. Além de congregar pesquisadores, professores e estudantes da área de música na sede física do Congresso: a Escola de Música da UFRN; o formato híbrido favorecerá:

  • a segurança nos protocolos contra a COVID-19;
  • um Evento cada vez mais democrático, incluindo pessoas que não possam estar na Sede presencial do Evento;
  • maior alcance geográfico, a partir do uso das tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC) e das mídias contemporâneas, levando-o virtualmente às diferentes localidades do Brasil e mesmo do Exterior;
  • maior diversidade de formatos de participações, apresentações, comunicações, apreciações e compartilhamentos, que estejam alinhados às práticas culturais e musicais presentes no ciberespaço.

O XXXII Congresso da ANPPOM tem como foco o tema “Múltiplas Dimensões da Práxis Musical na Produção do Conhecimento em Música”. O tema tem como objetivo fomentar um amplo debate sobre como as dimensões criativa, performática, educacional, tecnológica, entre outras que caracterizam as práxis musicais na atualidade, têm sido abordadas, problematizadas e ampliadas na produção do conhecimento científico-musical do Brasil. Nessa perspectiva, vislumbra-se uma compreensão crítica dos diálogos, interações e inovações, já construídos e em processo de construção, entre as diversas práxis musicais e a pesquisa em música, apontando para diretrizes e estratégias que possam fortalecer a produção do conhecimento na área nas múltiplas dimensões que o caracteriza. A partir de um panorama contextualizado com a diversidade da música no mundo atual, vislumbra-se evidenciar e refletir ainda como as múltiplas dimensões da práxis musical demandam variadas estratégias investigativas, epistêmicas e metodológicas e resultam em formas distintas de sistematização, produção e circulação do conhecimento em música.

O Congresso tem como principais objetivos:

  1. Ampliar o diálogo, a interação e as parcerias entre profissionais, estudantes e instituições que constituem o universo da pesquisa em música no Brasil, inclusive a partir de parcerias e diálogos com o cenário internacional;
  2. Fortalecer a pesquisa e a pós-graduação em música no Brasil, a partir da realização de um Evento consistente, atual e representativo da diversidade da área;
  3. Fortalecer a difusão da práxis musical, suas pesquisas e produtos, a partir da realização, em formato híbrido (democrático e abrangente) do evento.
  4. Gerar produtos perenes a partir das atividades de palestras, comunicações, mesas redondas, comunicações, apresentações artísticas e demais práxis científico-musicais realizados ao lon go do Evento.

A estrutura do Congresso abrange: um encontro do fórum das associações das áreas de artes, um encontro do fórum dos coordenadores dos PPGs da área de música, um encontro do fórum de editores de música, uma sessão de lançamentos de livros e outros produtos resultantes de trabalhos de pesquisa em música; duas conferências internacionais; três mesas-redondas; sessões de comunicações de pesquisa, exposição de pôsteres, simpósios temáticos, grupos de trabalho e apresentações científico-artístico-musicais, buscando atender a pluralidade da Práxis Musical e do Conhecimento em Música na atualidade.

As conferências e as mesas-redondas contarão com a participação de pesquisadores/as e professores/as de destaque na produção de conhecimento no país e no exterior e, somadas às demais atividades de comunicação e troca de conhecimentos, oportunizarão a socialização do conhecimento e o intercâmbio interinstitucional no cenário nacional e, também,  partir de parcerias internacionais.

A equipe executora envolverá docentes da UFRN e de instituições parceiras, discentes da pós-graduação, graduação, cursos técnicos e técnico-administrativos, além de colaboradores de outras instituições. A equipe é formada por: Coordenação geral, coordenação de tecnologia, coordenação de infraestrutura, comissão de acessibilidade, comissão científica e comissão artística.

Como um diferencial ligado à estrutura da Escola de Música da UFRN, a coordenação de acessibilidade está a cargo do Setor de Musicografia Braille e Apoio à Inclusão – SEMBRAIN, referência nacional na área. A comissão trabalhará com o apoio e consultoria também da Secretaria de Inclusão e Acessibilidade (SIA) da UFRN na construção de um congresso inclusivo.

Tendo como foco central a pesquisa e a formação na pós-graduação, a diversidade de atividades do congresso também têm forte relação com o universo do ensino e da extensão universitária, além de uma com as práticas de formação e relações com a sociedade de escolas de música e educação básica como um todo.

A partir da estrutura da Escola de Música e da UFRN como um todo, o Evento contará com suportes importantes como:

  1. Parcerias com a Rádio e Televisão Universitárias da UFRN para a realização de matérias sobre as Conferências, apresentações Musicais e demais atividades do XXXII Congresso da ANPPOM. Dessa maneira, o alcance extensionista do projeto é potencializado para a audiência desses veículos. Está prevista a divulgação ao vivo de apresentações musicais no youtube e em mídias sociais como Facebook e Instagram.
  2. A divulgação para a comunidade acadêmica local e nacional da produção do da área de música no Brasil, a partir das apresentações artísticas, das práticas de formação e da produção acadêmica. Neste contexto, o Evento contará com a participação de de pesquisadores e professores da área de música de instituições brasileiras e estrangeiras, fortalecendo parcerias e práticas de colaboração internacionais, entre profissionais do contexto nacional e instituições de destaque do exterior.

Os Grupos de Trabalho (GT) e os Simpósios Temáticos (ST) serão realizados através da plataforma de webconferências Zoom, repetindo a experiência bem-sucedida do congresso de 2021. Para esta XXXII edição do Evento foram selecionados 9 (nove) Simpósios Temáticos e 8 (oito) Grupos de Trabalho com temáticas relacionadas a assuntos relevantes e emergentes para a área de Música na atualidade. Com o formato híbrido, as conferências, mesas redondas e comunicações artísticas serão divulgadas em transmitidas pelas redes sociais da ANPPOM e ficarão disponíveis no canal do YouTube do Congresso. Assim, o alcance e impacto do XXXII Congresso da ANPPOM será sem precedentes na história da Associação, considerando que ao longo dos dois últimos anos a própria ANPPOM desenvolveu estratégias de potencializar o Evento a partir das nuances da cultura digital que, somadas a expertise e estrutura da UFRN nessa área, proporcionará a realização de um Evento abrangente, inovador, democrático e articulado ao potente universo da internet e mídias digitais do mundo atual.

Destacamos ainda que um congresso realizado em formato híbrido irá, de forma pragmática, propiciar um espaço de análise e debates sobre as implicações diretas e indiretas da utilização das tecnologias digitais nas formas de produzir conhecimento, performances, criações e práxis de formação em música na contemporaneidade. Como diversas pesquisas têm evidenciado, o uso de recursos tecnológicos digitais redimensionou as formas de se produzir, consumir, compartilhar, aprender e ensinar música. Assim, o momento atual apresenta grandes desafios aos pesquisadores, educadores, estudantes, gestores e profissionais da música em geral. Nesse sentido, promover o debate coletivo sobre pesquisas institucionais e a criação de uma rede colaborativa que discuta questões relacionadas a este contexto é urgente e de vital importância para apontar soluções e ideias criativas, que superem as dificuldades encontradas neste cenário.

O XXXII Congresso da ANPPOM tem como meta congregar pesquisadores/as, docentes, discentes e profissionais, em geral, vinculados à área de música, com os propósitos de: promover a socialização e o debate de pesquisas, estudos e práticas nas diversas subáreas da música; favorecer partilhas de experiências entre pesquisadores/as de diferentes regiões e instituições do país; possibilitar a articulação de pesquisadores que trabalham com temáticas afins; e contribuir com a formação de futuros pesquisadores na área de música.

Com o tema Múltiplas dimensões da práxis musical na produção do conhecimento em música, definido a partir das discussões empreendidas nos últimos congressos, especialmente nas mesas-redondas e nos Grupos de Trabalho, e na lista de discussão da Associação, o XXXII Congresso da ANPPOM se propõe a promover reflexões críticas sobre a pesquisa e a pós-graduação em música, de modo a fomentar: a) a discussão sobre a natureza dos tipos de conhecimento produzidos pela área de música no país; b) a análise das inter-relações – realizadas e demandadas – entre conhecimento científico, artístico, tecnológico, filosófico, entre outros, na área de música; c) o debate sobre diretrizes, linhas de ação e estratégias que têm caracterizado as políticas públicas atuais de ciência, tecnologia, inovação, educação e cultura, focalizando questões pertinentes à área de música e estratégias para a ampliação de sua participação e o incremento de sua produção.